Login

Sugestões

Faça o login e visualize as sugestões

Usuários on line

Nós temos 546 webespectadores online

Revista

Gestão Universitária

Veja os grupos de discussão Grupos Comunicação e Marketing Educacional

As opiniões que aqui são expressadas não representam necessariamente a posição da Rede Mebox.
Os comentários postados são de responsabilidade única e exclusiva de quem os postou.

Comunicação e Marketing Educacional

Opções do grupo

Albuns de Foto

Nenhum álbum criado ainda.
Comunicação e Marketing Educacional
Informações do grupo
Nome:
Comunicação e Marketing Educacional
Criado:
Sáb, 12 de Fevereiro de 2011

Descrição

Espaço destinado para discutir e trocar experiências sobre estratégias, ações e ferramentas de Comunicação e Marketing nas Instituições de Ensino Superior Privadas.

Anúncios

Nenhum anúncio adicionado ainda.

Tópicos

A questão da integração depende muito do perfil da liderança da IES e também do profissional contratado. Se fosse contratar alguém para cuidar do marketing da minha IES, partiria do EDUCADOR para o MERCADÓLOGO e não o contrário, pois o marketing é ferramenta e a educação é exatamente o que da liga, integrando o marketing com os outros setores. Bruno, eu criaria um departamento, ou núcleo ou setor de marketing numa boa, a despeito do que dizem os gurús da administração. Se a IES não contar com uma liderança integradora neste setor, a coisa não acontece. Lembra-se do que discutimos na questão da captação? Olha o meu departamento de marketing seria responsável por 4 atividades: 1. Gestao da comunicação. (PROFISSIONAIS DA ÁREA DE COMUNICAÇÃO). 2. Recruitiment. (PROFISSIONAIS DA ÁREA DE EDUCAÇÃO QUE APRENDEU COMO ATUAR NA CAPTAÇÃO, RETENÇÃO E EGRESSOS). 3. Sistema de Informações de Marketing. (PROFISSIONAIS DA ÁREA DA PESQUISA DE MERCADO E SISTEMAS DE INFORMAÇÃO). 4. Comercialização de Produtos e Serviços. (PROFISSIONAIS DA ÁREA DE VENDAS E CONTROLE DE QUALIDADE). Seria um departamento com a liderança de uma equipe de aproximadamente de oito a dez pessoas. Não preciso nem falar que esse povo deve estar integrado com as coordenações de cursos e com a gestão financeira, não é?
Última resposta por Wille Muriel em Sex, 25 de Fevereiro de 2011

Compartilhamento de arquivos

Arquivo Tamanho (kb)
Nenhum arquivo enviado ainda
Diego Henrique Magrin
A partir de 05/07/2012, estará disponível um novo domínio para registro, o eco.br, destinado a quem queira utilizar um nome de domínio na Internet que identifique um foco eco-ambiental. Fica uma Dica de MKT para as IES que possuem iniciativas eco-amigáveis, "verdes" e/ou sustentáveis poderão, assim, promover e destacar suas iniciativas nessa direção, utilizando o eco.br.
Tiago Muriel CardosoTiago Muriel Cardoso em Sex, 29 de Junho de 2012 13:51

Muito bom! É preciso que as IES que aderem ao projeto de Secretaria Acadêmica Digital possam pensar nessa possibilidade. Este é um dos nossos pilares. Abraços, Tiago.

Qui, 28 de Junho de 2012 21:57
 
Gestão Universitária
Hoje é o último dia p/ inscrição: MBA - Administração Acadêmica & Universitária - Turma 6 -Sem dúvida o melhor do País. RT - http://goo.gl/3Lkkx
Seg, 10 de Outubro de 2011 08:47
 
Bruno Augusto Amador Barreto

Boa sugestão para o fim de semana ou quando tiverem um tempo livre, “Admitido” conta a história de alunos que não foram aceitos em nenhuma universidade e resolveram criar a sua própria IES, muito inovadora, criativa e divertida... (seus alunos seguro que vão gostar).

Veja o trailer abaixo:

Sex, 20 de Maio de 2011 18:01
 
Claiton Muriel Cardoso
Célia, tem um trabalho antigo sobre MKT de 1993. Vale a pena dar uma olhada. Até para ver como era feito e como é feito hoje. O Marketing nas Instituições de Ensino Superior no Estado de Minas Gerais, acesse o link http://goo.gl/0aHFs
Célia Aparecida dos SantosCélia Aparecida dos Santos em Ter, 28 de Junho de 2011 18:45

Obrigada, Claiton. A sugestão foi ótima. Após analisar, trarei para cá os comentários.
Abraços.

Seg, 02 de Maio de 2011 18:10
 
Célia Aparecida dos Santos
O marketing educacional é, realmente, um tema pouco debatido. Desenvolvi um trabalho na Faculdade sobre o tema, e recordo-me do quanto foi difícil encontrar literatura sobre o assunto.
Enfim, o fato é que estamos aqui e acredito que as sugestões e comentários que serão aqui apresentados muito contribuirão para o nosso conhecimento.
Parabéns, Bruno, pela iniciativa.
Bruno Augusto Amador BarretoBruno Augusto Amador Barreto em Qua, 25 de Maio de 2011 19:21

Bem-vinda Célia, esperamos sua contribuição.
Abraço

Seg, 02 de Maio de 2011 17:27
 
Bruno Augusto Amador Barreto
I Congreso Nacional de Marketing Educativo

31 marzo - 1 abril 2011 - Valencia/España

Informaciones: www.eduketing.es
Dom, 20 de Março de 2011 20:36
 
Camila Machado
Achei muito bom encontrar esse grupo e alem de tudo importante, como profissional da área tenho muita dificuldade em achar literaturas ou até mesmo profissionais voltados para a área de marketing educacional, o que falta é isso mesmo um grupo que possamos debater assuntos da área, compartilhar ideias e experiências, atuo na área de escolas regulares (educação infantil ao médio) e mesmo vendo a maioria da área de universidades, me coloco a disposição.
Bruno Augusto Amador BarretoBruno Augusto Amador Barreto em Sex, 18 de Março de 2011 13:40

Seja bem-vinda Camila!

Qui, 17 de Março de 2011 22:46
 
Bruno Augusto Amador Barreto
Realmente o vídeo nos faz refletir muitas práticas.
Profa. Abigail, seu comentário sobre as escolas que "se expressam em preto e branco" em um mundo colorido, me fez lembrar de um outro vídeo.
Uma animação italiana, "O belo da diferença"; foi uma campanha sobre ADHD (Attention Deficit Hyperactivity Disorder), assunto também tratado na fala de Ken Robinson no vídeo anterior.

Qui, 17 de Março de 2011 10:02
 
Abigail França Ribeiro
Bruno,
Também achei o vídeo sensacional. Só agora pude vê-lo (in)felizmente. Costumo dizer, nos meus encontros sobre controle e registro acadêmico, que fazemos o discurso do futuro, nas escolas, mas continuamos com os dois pés no passado, amarrados por normas criadas por quem não compreendeu que a atual LDB está fundada em dois eixos principais: o da flexibilização e o da avaliação. A Lei 9394/1996 me garante que as escolas têm autonomia para programar seu ensino! Mas as normas são ditadas por pessoas apegadas ao passado!!! O mundo muda rapidamente, e é colorido; as escolas não mudam e se expressam em preto e branco. Bom poder "palpitear" neste Grupo. Cito um provérbio irlandês que toda comunidade acadêmica devia "exercitar". Pode não ser fácil para alguns, mas é possível.

CURE O PASSADO. VIVA O PRESENTE. SONHE O FUTURO.
Célia Aparecida dos SantosCélia Aparecida dos Santos em Seg, 02 de Maio de 2011 20:39

É, Abigail, necessitamos tentar mudar esse quadro. Fico, às vezes, muito angustiada porque, hoje, convivemos com um sistema educacional onde vários aspectos são relevantes e muitas vezes não se dão conta de que a escola continua a ser vista em preto e branco. Mas nada é impossível, vamos continuar tentando ...

Qui, 17 de Março de 2011 09:41
 
Evandro Luiz Echeverria
Bruno, sensacional o vídeo! Vou dar uns 'pitacos', como se diz!
- Onde está o fio da meada? É com a escola ou com a classe dominante que deseja que a escola seja de determinada maneira? Não se trata de uma Reprodução, como propõe Burdie? Sempre me perguntei qual a necessidade de ter estudado física, química, biologia... se na verdade não segui nenhuma dessas carreiras. E as nossas crianças continuam estudando... e o que é pior, da mesma maneira. A grande vantagem agora é que o professor pode animar os seus desenhos que antes eram feitos no quadro negro-verde, que o qualificava como exímio desenhista.
- E não é diferente no ensino superior. Nem legislação, nem escola, nem professor... continua tudo na pré-história. Alguns dias atrás fiz uma palestra a respeito do repensar a profissão. Sou categórico em afirmar que a faculdade não consegue acompanhar o que acontece no ambiente, até por que, temos que cumprir um conteúdo; não é verdade?
- Podemos antão rasgar tudo e jogar para o alto? Não acredito que deva ser bem assim. Mas preparar hoje o que desejamos para a educação do futuro sinceramente não pode ser da maneira como tem sido feito, nem engessando e determinando o que deve ser ensinado e para quem... será que está todo mundo contente?
- Proposta? Talvez algo como um Jazz! Adoro música! No caso do jazz você tem uma partitura com um composto musical básico e que, a critério do artista, com sua capacidade de observar a platéia, criatividade, capacidade de inovação e improvisação, realiza arranjos diferenciados, adaptando e variando pela necessidade de adaptação ou mudança. Isso possibilitaria uma flexibilidade ao sistema educacional como um todo, porque é necessário perceber que a educação não está pronta e acabada, é um processo em constante desenvolvimento.
Ter, 15 de Março de 2011 17:11
 

Copyright © 2013 REDEMEBOX - Todos os direitos reservados

eXTReMe Tracker