Login

Sugestões

Faça o login e visualize as sugestões

Usuários on line

Nós temos 681 webespectadores online

Revista

Gestão Universitária

Veja os grupos de discussão Grupos Educação inclusiva

As opiniões que aqui são expressadas não representam necessariamente a posição da Rede Mebox.
Os comentários postados são de responsabilidade única e exclusiva de quem os postou.

Educação inclusiva

Opções do grupo

Albuns de Foto

Nenhum álbum criado ainda.
Educação inclusiva
Informações do grupo
Categoria:
Nome:
Educação inclusiva
Criado:
Dom, 30 de Janeiro de 2011

Descrição

A educação inclusiva é uma política fundamentada na concepção de direitos humanos e defende o direito que todos os alunos têm, de acesso e permanência na escola, sem qualquer forma de discriminação. Exige por isso uma mudança na lógica de exclusão até então predominante nas escolas que, para tornarem-se verdadeiramente inclusivas, deverão atender a todos os alunos com um trabalho de qualidade, reconhecendo e valorizando suas diferenças e desfazendo preconceitos.

Para a efetivação do processo de inclusão, se faz necessário que haja mudanças na perspectiva educacional, que possibilite à escola atender a todos os educandos, independente de suas características físicas, intelectuais, sociais, culturais, lingüísticas, entre outras.

Anúncios

Nenhum anúncio adicionado ainda.

Compartilhamento de arquivos

Arquivo Tamanho (kb)
Nenhum arquivo enviado ainda
Abigail França Ribeiro
Recebi este endereço e achei a matéria interessante para a discussão sobre Educação Inclusiva. Aguardo comentários. O endereço: http://g1.globo.com/vestibular-e-educacao/noticia/2011/06/surdos-sao-tratados-como-incapazes-de-aprender-diz-professora-doutora.html
Ter, 14 de Junho de 2011 15:17
 
Abigail França Ribeiro
Não deixem de ler o Clipping Educacional de hoje, 30 de maio. Notícias sobre inclusão e LIBRAS.
Seg, 30 de Maio de 2011 10:37
 
Abigail França Ribeiro
Como todos devem saber, realizamos o Curso Secretaria Acadêmica Estratégica a bordo do Navio Blue de France. Ao embarcar, o jornal de bordo diário nos avisava de que o navio dispunha de um tradutor intérprete de LIBRAS. Achei muito bom.
Qual não foi minha surpresa, à noite, no teatro, ao assistir um dos números da companhia (dança, canto e entretenimento), ver uma tradução em LIBRAS da música que era cantada! Fiquei encantada.
Nelson Pereira da Siilva Júnior, ouvinte, Pedagogo com formação em LIBRAS, além de ser o tradutor intérprete, é artista à noite, e ministra palestras sobre LIBRAS à tarde! O que as IES nacionais não fazem, navios estrangeiros fazem: aproveitamento total das potencialidades de seus "colaboradores".
Nelson vai desembarcar em meados de março (ele não segue com o Navio para a Europa) e estará oferecendo trabalhos temporários no Brasil.
Claiton Muriel CardosoClaiton Muriel Cardoso em Ter, 19 de Abril de 2011 15:11

O que as IES nacionais não fazem, navios estrangeiros fazem: aproveitamento total das potencialidades de seus "colaboradores"

Ter, 19 de Abril de 2011 08:25
 
Ana Carolina Machado Ferrari
O MEC realizará audiência com representantes da comunidade surda para tratar da educação inclusiva para surdos. Espero que não aconteça a mesma coisa que em 1880 no Congresso de Milão onde os professores surdos não puderam partcicipar dos debates e resoluções sobre a educação do surdo.
Mais informações:
http://www2.camara.gov.br/agencia/noticias/EDUCACAO-E-CULTURA/195491-AUDIENCIA-DISCUTIRA-PROGRAMA-DE-EDUCACAO-INCLUSIVA-DO-MEC.html
Qua, 13 de Abril de 2011 05:33
 
IVANILSON COSTA
Olá educadores! Convido vocês a acessarem e seguirem meu blog, com notícias atualizadas diariamente da Educação brasileira, além de atividades, experiências e artigos pedagógicos. Conto com o vosso acesso: www.ivanilson.com

Abraço!
Ter, 12 de Abril de 2011 16:28
 
Abigail França Ribeiro
Clipping Educacional de hoje, dia 8 de abril, traz notícia sobre o não fechamento do INES.
Ana Carolina Machado FerrariAna Carolina Machado Ferrari em Seg, 11 de Abril de 2011 23:06

Nossa, vejam a importância da informação!!!! Os surdos estavam apavorados com o possível fechameto do INES. Pela primeira vez comecei a acreditar que a junção da escola especial com a escola regular sairá do papel. Oferecer esse aporte aos alunos com necessidades educacionais especiais é extremamente importante. Ainda não darei os parabéns ao governo pois acredito que está muito cedo para isso... Precisamos ver se, realmente, a educação integral acontecerá de verdade... Aliás, não sei nem se cabe um parabéns ao governo. Afinal de contar, é obrigação do Estado ofertar uma educação de qualidade à todos....

Sex, 08 de Abril de 2011 10:08
 
Abigail França Ribeiro
Essa questão de inclusão obrigatória sem que as escolas e seu pessoal docente e técnico administrativo esteja preparado pode ser um "tiro no pé".
Os dois últimos comentários da Ana Carolina são apavorantes.
Quais são os movimentos nacionais, as discussões mais importantes na área?
Sex, 08 de Abril de 2011 08:53
 
Abigail França Ribeiro
Recebi o email abaixo de um sobrinho que faz Física na UFU, e cursa LIBRAS como disciplina optativa. O que vocês sabem sobre o assunto?

Meus Amigos,
Acabei de ler e assinar este abaixo-assinado online:
«Em defesa da Educação de Surdos no INES»
http://www.peticaopublica.com.br/?pi=LutaINES
Eu concordo com este abaixo-assinado e acho que também concordarás.
Assine o abaixo-assinado aqui http://www.peticaopublica.com.br/?pi=LutaINES e divulga-o por teus contatos.
Obrigado.
Ana Carolina Machado FerrariAna Carolina Machado Ferrari em Ter, 05 de Abril de 2011 19:24

Olá,
Desculpe pela demora em respondê-lo. A princípio fiquei incomodada com o possível fechamento do INES uma vez que este tem grande importência na e para a educação do surdo. Porém, pesquisando mais sobre o assunto, percebi que o problema é justamente a comunicação. Pelo o que li e pesquisei, o INES continuará exixtindo, porém como IES. A educação básica será repassada às escolas regulares devido a inclusão. Esse tem sido o protesto de muitos surdos, inclusive com o chavão: Digam não à inclusão. Entendo o ponto de vista deles quanto a preocupação em uma educação de surdos em escolas não preparadas e que, provavelmente, desencadeiará no fracasso de muitos discentes. É algo a se pensar. Sou favorável à inclusão desde que seja responsável. Empurrar "goela abaixo" alunos inclusivos em escolas não preparadas, ao meu ver, é inconstitucional, uma vez que a lei garante a acessibilidade às informações e mobiliários de forma igualitária. Sem preparação, extinguimos tais direitos.

Qua, 30 de Março de 2011 10:41
 
Abigail França Ribeiro
Pessoal, preciso de ajuda. Alguém sabe me dizer se é possível considerar o portador de TDAH para efeito de matrícula em ducação Especial? Pessoalmente, entendo que o portador do transtorno precisa de atendimento escolar especializado. Mas há quem diga que não. E aí?
Karen SasakiKaren Sasaki em Ter, 29 de Março de 2011 16:25

Abigail,

Acredito que depende da interpretação da lei, principalmente, no Art. 59, inciso IV, "[...] capacidade de inserção no trabalho competitivo".

O TDAH "é um transtorno neurobiológico de causas genéticas que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida". A hiperatividade não necessariamente é físico/motora, mas geralmente é hiperatividade mental que causa exaustão/cansaço [mental] na pessoa que tem TDAH.

As principais características do TDAH são: instabilidade de atenção (por querer dar atenção para tudo); impulsividade (agir sem pensar); e compulsividade (por trabalho, comida, compras e o que gosta de fazer).

No entanto, o TDAH não necessariamente causa déficit de aprendizagem e não tem relação com QI (baixo ou alto rendimento).

Uma boa leitura sobre o assunto são os livros da médica (e portadora do TDAH) Ana Beatriz Barbosa, em especial, o livro Mentes Inquietas. Veja uma parte de uma entrevista dela:
http://www.youtube.com/watch?v=MJoyogj5huY

Portanto, se considerarmos que a pessoa com TDAH não revela capacidade de inserção no trabalho competitivo, deverá, sim, ter atendimento especial.

Mas, com bom exercício de autoconhecimento dos seus limites e possibilidades, acompanhamento de psiquiatra e psicopedagoga, consegue acompanhar os estudos com "normalidade".

Abigail França RibeiroAbigail França Ribeiro em Qua, 30 de Março de 2011 13:43

Valeu, grande Karen! Grata por seu interesse.

Seg, 28 de Março de 2011 21:50
 
Abigail França Ribeiro
Parece que o mundo vai acabar! O CNE editou a Resolução CP n. 1/2011, autorizando (inventando) a realização de nova habilitação no Curso de Letras, como complementação, em 800 horas - 300 de estágio + 500 de conteúdo!!! Já imaginaram alguém fazendo uma habilitação Tradutor Intérprete em LIBRAS com 500 horas? E uma nova língua estrangeira?

Como dizem na minha terra: - Sem base!

Perderam de vez a razão.
Ana Carolina Machado FerrariAna Carolina Machado Ferrari em Qua, 13 de Abril de 2011 08:52

Não dá nem pra imaginar... Lamentável...

Seg, 28 de Março de 2011 21:06
 

Copyright © 2013 REDEMEBOX - Todos os direitos reservados

eXTReMe Tracker